quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

I Am Legend (Eu sou a Lenda)


O filme Eu sou a Lenda estreiou no Brasil em janeiro e, desde então, é o campeão de bilheteria no país.

O longa, com Will Smith como protagonista, figura na lista dos mais vistos na frente de vários filmes com indicação ao Oscar mesmo sem ter sido indicado para nenhuma categoria da premiação. O filme não é grande coisa e, realmente, não merecia indicação à cobiçada estatueta da comunidade sino-geriatrica de Hollywood (não resisti e parafraseei o meu companheiro Corsário, Cap. Blood).

Mas, se o filme não é grande coisa, por que o sucesso de bilheteria e por que esse post? Bom, pra responder a primeira pergunta, por se tratar de um Blockbuster com um ator que faz sucesso com o grande público e por abordar um tema que fascina todo e qualquer ser humano. E foi justamente esse tema que me fez assistir o filme e escrever essas linhas.


Para quem não sabe, o filme narra a estória de um médico que se vê sozinho na cidade de Nova York após uma epidemia que devasta boa parte do mundo. Algumas pessoas morrem, enquanto outras se transformam em monstros, com uma espécie de super-raiva (hmmm, onde será que eu já vi isso antes?). Desculpem se esse post parece estragar a trama do filme, mas o trailer já entrega tudo o que eu escrevi e, acreditem, essas informações não fazem a menor diferença pra quem for assistir.


Essa trama não é nenhuma novidade. Só para citar alguns exemplos de variações do mesmo tema: os livros Blecaute, do Marcelo Rubens Paiva, e The Stand (que também virou minissérie) do Stephen King e os filmes 28 Days Later , do Danny Boyle, e 12 Macacos, do Terry Gilliam.

I Am Legend é baseado no livro homônimo de Richard Matheson, escritor muito adaptado em Hollywood ( Encurralado, clássico de Steven Spielberg, por exemplo) e é a terceira adaptação do livro publicado em 1954 (são elas: The Last Man On Earth, com Vincent Price e Omega Man, com Charlston Heston), sem contar o 28 Days Later, supracitado, que é tido como uma adaptação livre e não creditada do romance de Matheson.


Apesar do lugar comum, I Am Legend teve orçamento imensamente superior aos exemplos que eu citei, portanto ousa muito mais ao mostrar uma metrópole deserta, tomada pela vegetação e habitada por monstros e animais selvagens. Só isso já justifica o download, na minha opinião. A primeira sequência de ação, com o protagonista caçando veados em plena NY é muito foda!


Uma das coisas que fodem o filme são os monstros, feitos interiamente em CGI, com um design bem tosco e que não convencem nem um pouco...


O filme é mais um daqueles longas de ação, com situações inverossímeis e roteiro que enfraquece conforme o filme vai rolando. Garanto que ninguém esperava mais que isso de um filme protagonizado por Will Smith e dirigido por Francis Lawrence ( responsável por "cometer" a péssima adaptação de Constantine pro cinema).

No mais, vale conferir a presença de Alice Braga (sobrinha de Sônia Braga e que, na curta carreira de atriz, já superou a tia e conseguiu destaque em Hollywood) mandando bem na atuação e representando uma brasileira. Imperdoável é o fato de a personagem dela nunca ter ouvido falar em Bob Marley...

Link para o download.

A legenda você acha no legendas.tv.

P.S: O final do filme é diferente do final do livro. O diretor resolveu filmar o final do livro também e disponibilizar no DVD. Eu achei tão palha ( se não mais) quanto o fim oficial.
Para ver o final alternativo e ler mais sobre o assunto, clique aqui.

3 comentários:

william disse...

iae cara, foda seu blog, muita coisa boa
eu imaginava se vc conhecia algum filme "lado B" tipo Cultura b, outra visão como "medo e delirio", madrugada como "warriors" intervenção urbana como "fight club"
não sei se vc me intende...
se souber alguma obra me diga!
valeu!
wmaranhao@gmail.com

Captain Blood disse...

Fala William!
Nós aqui do Corsário (e eu posso falar por Willy Caolho) damos prioridade a filmes menos conhecidos mesmo. Vai nos posts mais antigos que voce vai ver um monte.
"Medo e Delírio em Las Vegas" ,"Fight Club" e "Warriors" talvez nunca tenham tido um post nosso porque a gente achava que todo mundo conhecia esses filmes.
Pessoalmente, esses 3 filmes estão na minha lista de favoritos de todos os tempos!
Não sei se essa era sua dúvida, mas se não era , comenta de novo.
Caso vc tenha mais dicas manda pra cá tambem pra a gente postar e a galera conhecer!

Abraço

Captain Blood disse...

"I AM LEGEND"

Po, o filme começou mó bem e depois foi desvirtuando. A mina não conhecer Bob Marley foi foda mesmo. E tem CG demais mesmo, e meio mal feitos.

E dá pra ver q LOST tá influenciando o cinema porque o filme tem uma monte de semelhança na estrutura. O clima de "pouca explicação" , os flash backs picados e distribuidos em partes pelo roteiro e o título do filme entra com o mesmo timing e com um som bem parecido com o de LOST.

Mas no geral eu achei bem loco!